Projeto: O que é, Quais tipos e melhor abordagem [2024]

Projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado único. (PMI, 2021)

Nesse artigo apresento sua definição, quais os principais tipos de projetos e qual a melhor abordagem para fazer um projeto (Ágil, Waterfall ou Híbrida)

Se preferir, vá direto ao ponto de seu interesse:

O que é um projeto?

A definição de projeto mais conhecida mundialmente é a do Guia PMBOK® que detalho a seguir.

O projeto é temporário; por ter uma data prevista para iniciar e uma data prevista para terminar.

O projeto gera entregas exclusivas que podem ser serviços ou produtos ou resultados específicos.

No vídeo abaixo, você aprende sobre este tópico caso prefira ao invés de ler.

Exemplos de Projetos

Praticamente tudo que é novo sendo feito na sua empresa ou na sua vida é um projeto:

As mudanças e melhorias também são projetos, como um mudança de uma filial ou de área, uma melhoria de processo, melhorias nos produtos etc. Outro exemplo de projeto muito comum é um evento como um Treinamento, uma feira, um seminário. Todos eles são temporários, pois tem data prevista para iniciar, para terminar, além de gerar entregas exclusivas..

E como diz o ditado popular “Nada se cria, tudo se copia”, e por esse motivo disponibilizei mais de 20 exemplos de projetos com mais de 300 arquivos e mais de 3 milhões de downloads feitos.

Conheça nossos exemplos de projeto disponibilizados para agilizar o seu projeto.

Diferença entre projeto, operação e seus processos

É comum as pessoas se confundirem e compararem projeto com processo ao invés de projeto com a operação.

Importante que fique claro a diferença entre projeto e operação e como ambos são compostos por processos.

O que é um processo?

Um processo é uma atividade ou conjunto de atividades que usam determinadas ferramentas e técnicas para transformar (processar) um conjunto de insumos (entradas) em resultados desejados (saídas).

Os processos são muito úteis, pois, definem de forma clara o resultado esperado, até onde vai a responsabilidade de cada área, como eles comunicam-se entre si (através de suas entradas e saídas) e também métricas para avaliar o desempenho dos processos e respectivamente de suas áreas.

O Guia PMBOK®, por exemplo, usa 49 processos para gerenciar seus projetos e nos orienta a adaptá-los conforme nossa necessidade. “Este Guia PMBOK® é diferente de uma metodologia. Uma metodologia é um sistema de práticas, técnicas, procedimentos e regras usadas por aqueles que trabalham numa disciplina. Este Guia PMBOK® é uma base sobre a qual as organizações podem criar metodologias, políticas, procedimentos, regras, ferramentas e técnicas e fases do ciclo de vida necessários para a prática do gerenciamento de projetos.” (PMI®, 2017 p. 2).

Da mesma forma, a operação da empresa é composta por processos para definir como suas áreas trabalham e interagem entre si. Por exemplo: Quando você faz a compra de um produto em um comércio, várias áreas da empresa executam vários processos para viabilizar essa venda.

Veja na tabela abaixo exemplo de uma venda com algumas das integrações possíveis entre áreas e processos

Área Processo Entrada Saída
Compras Comprar mercadoria Qtde em estoque

Previsão de vendas

Pedido de compra da mercadoria
Logística Receber mercadoria Pedido de compra da mercadoria Entrada da mercadoria em estoque
Vendas Vender mercadoria Mercadoria em estoque Nota fiscal emitida

Saída da mercadoria em estoque

Ficou claro o que é um processo? Se não ficou, deixe seu comentário abaixo.

Diferença entre Projeto e Operação

Confira na tabela abaixo as características comuns entre Projeto e Operação, e suas principais diferenças separadas por tópicos:

Projeto Operação
Em comum
  • Executado por Pessoas
  • Limitado aos recursos disponíveis
  • Planejado, executado e controlado para atingir objetivos da organização
  • Compostos por processos
Duração Temporário Contínua
Produto Exclusivo Repetitiva
Recurso Por projeto Por função
Foco Expandir o negócio Manter o negócio

Para deixar claro a diferença entre projeto e operação e explicar como um projeto é estruturado, entenda o que é o ciclo de vida de um projeto e o ciclo de vida de um produto dentro de uma organização.

Ciclo de Vida de um projeto

O conjunto de fases do projeto correspondem ao ciclo de vida do projeto.

ciclo de vida do projeto

Fases do Projeto

As fases do projeto são as divisões feitas visando um melhor controle gerencial e adequação aos processos da organização. Elas podem ser sequenciais ou sobrepostas.
Por exemplo: A reforma da casa pode ter como fases:

  1. Especificação;
  2. Contratação dos serviços e materiais;
  3. Reforma Interna;
  4. Reforma Externa.

Cada fase do projeto contém várias Entregas a serem feitas e seus marcos correspondentes.
Uma Entrega é um produto tangível e verificável.
Marcos são os momentos mais importantes do projeto; quando se conclui ou inicia as fases ou entregas principais.
Na conclusão de uma fase, deve-se revisar se as entregas feitas atendem aos requisitos desejados, decidindo pela continuação ou não do projeto e corrigindo os erros detectados.

Ciclo de vida do Produto x Ciclo de vida do Projeto

ciclo de vida do produto

O ciclo de vida do produto corresponde a todas as fases relacionadas a existência de um produto. Normalmente estas fases são:

  • Plano de Negócio: onde é feita a análise de viabilidade do produto. Pode ser também considerado como uma fase do projeto ou um projeto separado;
  • Projeto: depois de avaliado a viabilidade do produto, é feito um projeto para a criação do produto e para preparar para o início da operação do produto, processo único, corresponde ao ciclo de vida do projeto;
  • Operação: Fabricação ou produção em massa do produto, processo contínuo.
  • Retirada: onde será planejado como o produto será retirado do mercado e será executado a retirada do produto de mercado.

Tanto a retirada, quanto o Plano de negócio possuem entregas exclusivas e tem data de início e término, portanto têm as características de um projeto e podem ser gerenciados como projetos específicos.

Quais são os Tipos de Projetos?

Outra forma de agrupar os projetos é por quem desenvolve e seus objetivos.

Veja os Tipos de Projetos mais comuns e alguns exemplos reais de projetos.

Projetos empresariais

Projetos empresariais são projetos desenvolvidos em empresas de forma geral com objetivo de aumentar o lucro da empresa.

Junte-se ao Grupo de gerentes de projetos falando de projetos empresariais de forma gratuita e tenha acesso a eventos, fórum e conteúdo exclusivo.

Veja também todo nosso conteúdo sobre projetos empresariais.

Projetos Sociais

Projetos Sociais são projetos desenvolvidos em comunidades ou empresas do terceiro setor (ONGs, instituições sem fins lucrativos) com objetivo de propagar ações de interesse público.

Junte-se ao Grupo de gerentes de projetos falando de projetos sociais de forma gratuita e tenha acesso a eventos, fórum e conteúdo exclusivo.

Veja também todo nosso conteúdo sobre projetos sociais.

Projetos pessoais

Projetos pessoais são projetos desenvolvidos por pessoas (indivíduos ou famílias) com objetivo de atender necessidades individuais ou de uma família.

Junte-se ao Grupo de gerentes de projetos falando de projetos pessoais de forma gratuita e tenha acesso a eventos, fórum e conteúdo exclusivo.

Veja também todo nosso conteúdo sobre projetos pessoais.

Projetos públicos

Projetos públicos são projetos desenvolvidos pelo setor público com objetivo de atender as necessidades da sociedade.

Os projetos públicos pelas suas particularidades ainda podem ser divididos em:

  • Projetos das prefeituras são projetos desenvolvidos pela prefeitura com objetivo de atender as necessidades da população da cidade;
  • Projetos dos estados são projetos desenvolvidos pelo estado com objetivo de atender as necessidades da população do estado;
  • Projetos federais são projetos desenvolvidos pelo governo federal com objetivo de atender as necessidades da população do país.

Junte-se ao Grupo de gerentes de projetos falando de projetos públicos de forma gratuita e tenha acesso a eventos, fórum e conteúdo exclusivo.

Projetos de TI

Projetos de TI são projetos desenvolvidos na área de TI com objetivo de usar a tecnologia da informação para aumentar os lucros da empresa. (essa pode ser uma subdivisão dos projetos em empresas)

Veja também todo nosso conteúdo sobre projetos de TI.

Projetos de educação

Projetos de educação são projetos desenvolvidos em instituições de ensino públicas ou privadas com objetivo de educar seus alunos.

Conhece algum outro tipo de projeto? Deixa abaixo seu comentário para eu atualizar essa lista e desenvolver um exemplo de projeto para lhe servir de referência.

Confira também Seleção do conteúdo por Tipo de projeto ordenados pelos mais lidos

Dimensionamento de Projetos por tamanho

Outra forma de agrupar os projetos é pelo tamanho. Em alguns clientes que já trabalhei, usávamos o critério de prazo para classificar os projetos:

Tamanho Prazo
Pequeno =< 1 mês
Médio Entre 1 mês e um ano
Grande > 1 ano

É claro que essa classificação é relativa e dependerá muito das características da sua organização.

 

Como fazer para ter sucesso em seu projeto

O sucesso de um projeto é medido pela qualidade do produto e do projeto, pela pontualidade, pelo cumprimento do orçamento e pelo grau de satisfação do cliente (PMI®, 2017 p. 13).

Preparado para aprender a ter sucesso em seus projetos?

Então prepare-se para seguir os passos abaixo porque separei os atalhos que aprendi durante mais de 400 projetos entregues:

  1. Use o que tem de melhor no mercado, as conhecidas melhores práticas
  2. Entenda qual é a melhor abordagem de desenvolvimento de projetos conforme seu contexto
  3. Desenvolva as habilidades necessárias
  4. Saiba escolher as ferramentas e técnicas apropriadas para seu projeto

Passo #1 – Use o que tem de melhor no mercado, as conhecidas melhores práticas

Atualmente temos dos Guias de gestão de projetos que cobrem a grande maioria das melhores práticas disponíveis no mercado.

O Guia PMBOK que é o livro de gerenciamento de projetos mais conhecido no mundo que já está na sua 7ª edição, contém essas melhores práticas descritas através de princípios, domínios de desempenhos, além de modelos, métodos e artefatos usados por esses domínios de desempenho.

O Guia do Scrum, que é atualmente o framework ágil mais usado no mercado, é outra referência essencial para quem busca uma abordagem ágil.

Criei um guia de gestão de projetos com tudo que encontrei de melhor nos dois guias. Ele tem como objetivo explorar todos os aspectos relevantes que possam contribuir de forma efetiva para o sucesso do seu projeto através de uma leitura simples e agradável sempre complementada com imagens, vídeos, exemplos, modelos.

Clique aqui para conhecer o índice do nosso Guia de Gestão de Projetos baseado nas últimas edições dos guias do PMBOK e do Scrum.

Aprimore-se nas melhores práticas

Passo #2 – Entenda qual é a melhor abordagem de desenvolvimento de projetos conforme seu contexto

Qual a melhor abordagem para fazer um projeto? Ágil, Waterfall ou Híbrida?

Tem se falado muito sobre abordagem ágil, abordagem cascata (mais conhecida pelo termo inglês waterfall) e abordagem híbrida, que seria o uso do melhor das duas abordagens.

A melhor abordagem dependerá das características de cada projeto, e a previsibilidade das fases do projeto talvez seja o fator mais importante na seleção da abordagem.

Como explicado no ciclo do projeto, ele é composto por fases, e cada fase tem suas entregas específicas.

Quanto mais se sabe sobre o que se espera das entregas de cada fase, mais previsível o projeto, quanto menos se sabe, maior necessidade de se adaptar.

O Guia PMBOK considera o ciclo de vida preditivo (quando já temos um plano definido, sabe o que se espera) e o ciclo de vida adaptativo ou ágil (quando sabe pouco do que se espera das entregas).

Veja abaixo uma tabela com as principais diferenças de cada um dos ciclos de vida [Adaptado da figura X3-1 A sequência contínua dos ciclos de vida do projeto (PMI, 2017, p. 666)

Preditiva Ágil ou Adaptativa
Fases Maior duração Mais curtas (Sprint de uma a 4 semanas)
Requisitos Definidos previamente Elaborados durante cada Sprint
Entregas Entrega do produto no final Entregas parciais adaptando o produto
Mudanças Mais restritas Melhor aceitas
Partes interessadas Envolvidas mais no planejamento e nas validações Envolvidas constantemente
Riscos e Custos Detalhados no planejamento Controlados a medida que surgem
Indústria Demais segmentos, principalmente projetos que exigem uma maior previsibilidade Iniciou na Tecnologia de Informação e está ganhando força no Marketing, em Startups e segmentos que precisam adaptar rapidamente às mudanças

Quanto mais preditiva for seu projeto, melhor se encaixa a abordagem cascata, e quanto maior necessidade de agilidade em adaptar, melhor a abordagem ágil.

Para saber mais sobre a abordagem ágil, veja o índice sobre Scrum e Métodos Ágeis.

Para saber um exemplo de abordagem híbrida, veja o Índice da Metodologia 10 passos.

Passo #3 – Desenvolva as habilidades em projetos

Necessário também desenvolver habilidades para enfrentar os momentos mais críticos do projeto, solucionando as questões agilmente, resolvendo os conflitos de interesses e motivando a equipe mesmo nos momentos de maior pressão. Conheça as habilidades mais importantes a serem desenvolvidas e como podemos ajudá-lo nesse desenvolvimento.

Passo #4 – Saiba escolher os Modelos, métodos e artefatos apropriados para seu projeto

Para gerenciar seu projeto, é necessário usar os melhores Modelos, métodos e artefatos de mercado. Usar a ferramenta inadequada atrasará seu projeto e impactará na sua produtividade e da sua equipe gerando desanimo e um sentimento de desvalorização. Por isso, criamos e organizamos ferramentas e soluções para aumentar a produtividade da equipe, motivando-os e facilitando o cumprimento dos objetivos do projeto.

Clique abaixo para conhecer os principais Modelos, métodos e artefatos de gerenciamento de projetos, tendo como base o Guia PMBOK® e seus respectivos dominios de desempenho

Conheça também as Ferramentas Gratuitas de Gerenciamento de projetos disponibilizadas para garantir o sucesso do seu projeto.

 

Ficou alguma dúvida ou quer compartilhar alguma experiência? Inclua nos comentários.

Referências bibliográficas

PMI - PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Guia PMBOK®: Um Guia para o Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, Sétima edição, Pennsylvania: PMI, 2021. 

PMI - PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. A Guide to the Project Management Body of Knowledge and the Standard for Project Management, 7th Edition, Pennsylvania: PMI, 2021.

MONTES, Eduardo. Modelos, métodos e artefatos de projetos, 1ª Ed., Editora Senac São Paulo, 2022.

MONTES, Eduardo. Introdução ao Gerenciamento de Projetos, 1ª Ed. São Paulo; 2017.

Compartilhar :

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?