Como fazer gestão do contrato junto aos clientes

  • Este tópico contém 2 respostas, 2 vozes e foi atualizado pela última vez 5 anos, 6 meses atrás por Anônimo.
Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)
  • Autor
    Posts
  • #1073
    Anônimo
    Convidado

    Sou autônomo e todos meus serviços são feitos com contrato, ou por escrito, não importando o valor.
    Coloco nos contratos termos que visam fazer gestão do tempo em função do faturamento: se o cliente demorar mais de 30 dias para aprovar um serviço solicitado, uma nova parcela do serviço é cobrada ou um acréscimo é cobrado.

    Noto que alguns clientes entendem esse tipo de relação profissional e outros nem tanto.

    Queria saber como proceder para minimizar atritos – devo alertar o cliente sobre o fato de que uma regra do contrato está para ser aplicada – correndo o risco do cliente se antecipar e prolongar o problema – ou devo me ater ao contrato, meramente?

    Grato por qualquer opinião.

    #1075

    Parabéns, formalizar as negociações através de um contrato é uma prática muito boa para evitar problemas de comunicação depois de iniciado o serviço.
    Alguns pontos importantes em relação a sua questão.
    Antes da assinatura do contrato:
    -Deixar claro todas as cláusulas do contrato para que não exista discussão no momento de aplica-las (principalmente aquelas que são as mais questionadas pelos seus clientes).
    No evento de uma cláusula contratual e respondendo a sua pergunta sobre quebrar ou seguir as regras do contrato:
    De forma geral, as regras existem para serem seguidas, mas, existem exceções para todas as regras. Saiba ponderar os benefícios e os malefícios de acionar a cláusula do contrato.
    -Não acionar uma cláusula do contrato que lhe beneficia devido a um evento que provavelmente não ocorrerá mais, pode ser uma forma de se mostrar flexível e fidelizar seu cliente.
    -Avalie o perfil do seu cliente e deduza se ele está realmente preocupado em desenvolver uma relação de longo prazo e rentável para ambos os lados.
    -Devido a longa experiência trabalhando com pessoas, consigo identificar aquele cliente que repetirá um comportamento não desejado e nesse caso, é importante, acionar a cláusula para “educar” seu cliente.
    Depois do acionamento ou da flexibilização:
    -Aprenda com cada ocorrência e desenvolva sua habilidade de prever comportamentos futuros.
     
    Espero que essas considerações possam lhe ajudar a tomar a melhor decisão da próxima vez.

    #1076
    Anônimo
    Convidado

    Grato pela resposta, inclusive coloco em prática muitas das suas observações.

    Minha pergunta era devido ao fato de que 90% dos meus clientes são novos, o que me dá pouco tempo para conhecê-los e fazer filtro.

    No mais, tentarei seguir as idéias que mencionou e ainda não pratico.

Visualizando 3 posts - 1 até 3 (de 3 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?