Escritório de Projetos

O maior conteúdo gratuito de gerenciamento de projetos do Brasil

Amigos,

Gostaria de convidar vocês para refletir sobre uma das nossas principais funções dentro de um projeto.

Li um artigo que foi amplamente divulgado na Internet sobre fatores que motivam pessoas mais que dinheiro (1) e infelizmente, não me surpreendi quando me deparei com o item 2 que é "não usar gerentes nos projetos", o que, claro, sou totalmente contra essa afirmação.

Parece que esqueceram que uma das nossas principais funções no projeto é conectar as diversas partes interessadas apesar de diferentes interesses e culturas para atender os objetivos do projeto e para isso precisamos motivar as pessoas e não o contrário.

O que ocorre é que houve uma deturpação sobre o que o GP deve fazer e que em muitos casos, viramos autênticos "cobradores de cronograma", o sujeito que fica chicoteando e pressionando a equipe do projeto até tirar "sangue" do time, custe o que custar.

Existem vários executivos que acreditam que o PMO foi feito principalmente para cobrar datas, não interessando o preço a ser pago pela equipe do projeto.

Você como GP, pode até ser efetivo no curto prazo, com uma postura de cobrança de datas e pressão, mas, o desgaste com a equipe vai aumentando e a situação fica insustentável ao longo prazo.

Para ser efetivo no longo prazo, você deve seguir algumas das melhores práticas identificadas no PMBOK, principalmente, os processos de gerenciamento de recursos humanos, e os processos de  gerenciamento das comunicações descritos abaixo.

9.1 Desenvolver o plano de recursos humanos

No planejamento do projeto, o GP identifica e documenta as funções, responsabilidades e habilidades necessárias , além de criar um plano de gerenciamento do pessoal onde será descrito as necessidades de treinamento e as formas de reconhecimento e recompensas da equipe.

Dessa forma, o GP já inicia ganhando a confiança do time, deixando claro como seu esforço será recompensado e como suas deficiências serão tratadas através dos treinamentos.

9.3 Desenvolver a equipe do projeto

O trabalho em equipe é um fator essencial para o êxito do projeto, e desenvolver equipes de projetos eficazes é uma das responsabilidades primárias do gerente de projetos.

O GP deve criar um ambiente que facilite o trabalho em equipe.

O GP deve motivar a equipe continuamente fornecendo desafios e oportunidades, oferecendo feedback e apoio conforme necessário e reconhecendo e recompensando o bom desempenho.

Uma equipe de alto desempenho pode ser alcançada usando comunicações abertas e eficazes, desenvolvendo a confiança entre os membros da equipe, administrando conflitos de forma construtiva e estimulando soluções de problemas e tomadas de decisão de forma colaborativa.

O GP deve solicitar o apoio da administração e/ou influenciar as partes interessadas apropriadas para mobilizar os recursos necessários para desenvolver equipes de projeto eficazes.(2 )

9.4 Gerenciar a equipe do projeto

Gerenciar a equipe do projeto requer diversas habilidades de gerenciamento para estimular o trabalho em equipe e integrar os esforços dos membros da equipe para criar equipes de alto desempenho. O gerenciamento da equipe envolve uma combinação de habilidades, com ênfase especial em comunicação, gerenciamento de conflitos, negociação e liderança. Os gerentes de projetos devem fornecer tarefas desafiadoras para os membros da equipe e reconhecimento pelo alto desempenho.(3)

(4) Templates das Saídas dos processos de Gerenciamento das Comunicações

10.1 Identificar as partes interessadas

No início do projeto, o GP deve identificar quais são os principais fatores motivacionais das partes interessadas, seus principais interesses e o grau de impacto no projeto.

A partir daí, ele desenvolve uma estratégia para lidar com os conflitos de interesse existentes e principalmente, para conectar as partes interessadas maximizando as influências positivas, mitigando os potenciais impactos negativos e motivando a equipe do projeto.

10.4 Gerenciar as expectativas das partes interessadas

Na execução do projeto, o GP baseia-se na estratégia criada sempre adaptando as mudanças de expectativas e interesses das partes interessadas, agiliza a solução das questões através da identificação de alternativas , minimizando os conflitos de interesses e novamente motivando a equipe para alcançar os resultados do projeto.

O GP funciona como o maestro e as partes interessadas como os integrantes da sinfônica, o maestro deve estar em total sinergia com os integrantes, e o sucesso só ocorrerá se todos estiverem em sintonia.

Isso só é possível, quando os integrantes estão motivados a atingirem o sucesso de todo grupo.

E você só tem cobrado sua equipe ou ainda lembra que motivá-los pode fazer a diferença?
Gostaria de ter sua opinião.

 

(1)http://www.inc.com/ilya-pozin/9-things-that-motivate-employees-more-than-money.html

(2) Pagina 229 - Ultimo paragrafo - UM GUIA DO CONHECIMENTO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS (GUIA PMBOK®) Quarta Edição

(3) Pagina 236 - Ultimo paragrafo - UM GUIA DO CONHECIMENTO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS (GUIA PMBOK®) Quarta Edição

(4) Registro e Estratégia para gerenciamento das partes interessadas

Principal Referência:

UM GUIA DO CONHECIMENTO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS (GUIA PMBOK®) Quarta Edição

itmplatform

Login